*

Sugestões do editor 26.11.2018 — 10:34 am

Esquina convida arquitetos a criarem mobiliário para a Paulista

Gil Tóquio
Ilustração feita para a iniciativa Paulista Para Todos

A Avenida Paulista passa por um dos momentos mais interessantes de sua história, impactada por novos usos dados pelas pessoas e pelo surgimento de edifícios culturais. Surge então o Paulista Para Todos, série de ações do Esquina.net.br, principal plataforma sobre cidades do país com site abrigado no portal do Estadão, para impulsionar ainda mais esta transformação.

O Paulista Para Todos inclui um Festival de Ideias em que quatro premiados escritórios de arquitetura foram convidados a desenvolver, de maneira livre, peças de mobiliário urbano para a Paulista. Entre eles, o vencedor do prêmio Pritzker Paulo Mendes da Rocha (leia mais abaixo). O vencedor será anunciado dia 05/12.


LEIA TAMBÉM:

– Em encontro, arquitetos apresentam ideias para mobiliário na Paulista

– Königsberger Vannucchi projeta banco tecnológico para a Paulista

– Aos 90, Paulo Mendes da Rocha assina primeiro mobiliário urbano

– FGMF propõe peças interativas para lazer na Paulista

– Escritório Nitsche cria fontes que saltam sobre o asfalto da Paulista

– Esquina convida arquitetos a criarem mobiliário para a Paulista

 

Para falar sobre as propostas e diagnósticos da avenida e debater o presente e futuro da Paulista, o Esquina promove no dia 29/11 o encontro Paulista Para Todos, com participação dos profissionais que concorrem no Festival de Ideias e do presidente da SP Urbanismo José Armênio de Brito Cruz. Será distribuído um mapa ilustrado da avenida feito especialmente para a ocasião.

Teremos ainda dois passeios gratuitos, um noturno, com projeções nos edifícios, e um diurno, na manhã de domingo, liderados pelo urbanista e professor da FAU USP Renato Cymbalista. O Paulista Para Todos tem o apoio do escritório de advocacia Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr e Quiroga Advogados, sediado na Paulista.


CONCORRENTES DO FESTIVAL

Principal arquiteto brasileiro vivo e vencedor do Prêmio Pritzker de 2006, Paulo Mendes da Rocha é um dos participantes e acaba de criar sua primeira peça de mobiliário urbano. Com 90 anos recém-completados no último 25 de outubro, ele desenvolveu uma proposta para a Avenida Paulista em parceria com a designer e arquiteta Nadezhda Rocha, sua filha.

Participam ainda do festival FGMF, autor do projeto da Japan House em parceria com o arquiteto japonês Kengo Kuma;
Königsberger Vannucchi Arquitetos Associados, autor do novo Sesc Paulista; e Nitsche Arquitetos, que atua em projetos de arquitetura, comunicação e arte. Cada um convidou um profissional da arquitetura ou não para desenvolver o projeto em duplas. Confira:

1.
FGMF
Autor do projeto da Japan House em parceria com o arquiteto japonês Kengo Kuma, inaugurada na Paulista em maio de 2017. Foi fundado em 1999 por três colegas da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, Fernando Forte, Lourenço Gimenes e Rodrigo Marcondes Ferraz.
+
Erê Lab
Empresa de criação e desenvolvimento de objetos de brincar, interagir e participar

2.
Königsberger Vannucchi Arquitetos Associados
Autores do projeto do Sesc Paulista, inaugurado em abril deste ano, é um dos escritórios mais tradicionais do país, na ativa desde 1971 com mais de 700 projetos desenvolvidos, especialmente de uso comercial. É liderado pelos sócios Jorge Königsberger e Gianfranco Vannucchi.
+
Mauricio Alito
Sócio Diretor na EKF Arquitetura de Exteriores, empresa de designers de multi escalas, funções e ambientes, é formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, onde atua como pesquisador, especializado em paisagismo.

3.
Nitsche Arquitetos
Escritório fundado e liderado pelos irmãos Lua, Pedro e João, filhos do artista plástico Marcello Nitsche (1942-2017). Atuam em projetos de arquitetura, comunicação visual e arte. Lua e Pedro são arquitetos formados pela USP e João é graduado em Artes Plásticas pela FAAP.
+
Petro Fontes
Empresa voltada à criação e produção de fontes interativas, luminosas, portáteis, cascatas, espelhos d’água, ornamentais e chafarizes. Única integrante brasileira da Association of Pool & Spa Professionals (APSP).

4.
Paulo Mendes da Rocha
Maior arquiteto brasileiro vivo, é vencedor do Prêmio Pritzker (2006), considerado o Nobel da Arquitetura, do Leão de Ouro da Bienal de Veneza (2016) e do Prêmio Imperial do Japão (2016), entre outros.
+
Nadezhda Rocha
Filha do arquiteto, é arquiteta e designer especializada no desenvolvimento gráfico e de produto. Atuou no escritório MMBB e é fundadora do Garupa Estúdio, mais recentemente dedicando-se a trabalhos autorais.

As ideias serão submetidas a um trio de jurados composto por:

Carlos Leite, urbanista, PhD, professor na FAU Mackenzie, diretor de Stuchi & Leite Projetos e Consultoria e ex-diretor da São Paulo Urbanismo.

Sol Camacho, curadora do Pavilhão do Brasil na Bienal de Arquitetura de Veneza deste ano e diretora do Instituto Lina Bo Bardi/Casa de Vidro, é graduada pela Universidad Iberoamericana, do México, e mestre em Urban Design pela Harvard University.

Renato Schermann Ximenes de Melo, sócio do escritório Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr e Quiroga Advogados.
O vencedor será anunciado no dia 05/12, semana seguinte ao nosso encontro. Torça pelo seu favorito!

Tags:, , , , , , , , , , ,

Bitnami