*

Mobilidade 11.06.2018 — 8:25 am

Principal evento de ciclismo do mundo, Velo-city começa no Rio

Pela primeira vez na América do Sul, o Velo-City 2018 acontece entre os dias 12 e 15 de junho, no Pier Mauá, na capital fluminense. Organizado pela Federação Europeia de Ciclismo em parceria com a Prefeitura do Rio e com oferecimento do Itaú Unibanco, o evento terá como tema principal “Acesso à Vida”, para discutir a inclusão social promovida pela bicicleta e o incentivo ao ciclismo como parte do transporte urbano.

A cobertura do evento pode ser acompanhada em todos os canais do Esquina: site, transmissões ao vivo pelo Facebook e pelo Instagram.

Palestras e workshops de diferentes formatos vão reunir engenheiros, arquitetos, urbanistas, pesquisadores, acadêmicos e ambientalistas, além de representantes do poder público e de empresas e indústrias do mercado, com o intuito de compartilhar conhecimento e informação e construir parcerias que gerem benefícios para cidades do mundo todo. O uso da bicicleta será analisado e discutido por perspectivas de saúde, infraestrutura, tecnologia, economia, meio ambiente, governança e educação.

O Velo-City teve sua primeira edição em 1980 em Bremen, na Alemanha, e já passou por cidades como Copenhague, Bruxelas, Barcelona e Montreal. Desde 2010, a Federação Europeia de Ciclismo realiza o Velo-City anualmente – sendo, nos anos ímpares, na Europa e, nos pares, em um dos seis continentes.

O fato de o evento deste ano acontecer no Rio de Janeiro insere ainda mais a capital na discussão sobre os impactos do uso da bicicleta para os cenários urbano e social e reforça o interesse em valorizar o modal como meio de transporte e lazer. Segundo levantamento do Itaú Unibanco, o volume de ciclistas na cidade é bastante representativo, sendo o número de viagens por dia no Bike Rio maior que o de sistemas de compartilhamento de Paris e Nova York.

Na capital fluminense, as bicicletas têm sido amplamente utilizadas também para o transporte de mercadorias. Pesquisa do Instituto de Políticas do Transporte e Desenvolvimento (ITDP) e do Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito mostra que, em Copacabana, 187 estabelecimentos fazem uso do modal para entregas e, na Tijuca, são 68 endereços. A estimava é que os números cresçam consideravelmente nos próximos anos.

A organização do Velo-City aponta o Brasil como o cenário perfeito para o desenvolvimento do ciclismo. Nas cidades mundo afora, medidas são tomadas para transformar as áreas urbanas em ambientes híbridos, onde a estrada se encontra com espaços verdes. Tal relação é intrínseca em boa parte das metrópoles do país, o que garante trajetos mais sustentáveis e agradáveis, além de favorecer o turismo ciclável. Nesse contexto, a bicicleta pode ser vista não somente como um modal importante para a economia, meio ambiente e saúde, mas também como um agente fundamental na tentativa de integrar e equilibrar a paisagem urbana com a natural.

A programação completa pode ser acessada no site oficial do evento.

Tags:, , , , ,

Bitnami