*

Mobilidade 19.03.2018 — 6:08 am

NY, SP, Fortaleza e Bogotá: transformações por cidades mais humanas

Hannah Arcuschin Machado é coordenadora de Desenho Urbano e Mobilidade da Iniciativa Bloomberg para a Segurança Global no Trânsito e integrante da atual gestão do IAB-SP.

Intervenção temporária realizada em Santana em setembro de 2017. Crédito: Hannah Machado / Iniciativa Bloomberg para Segurança Global no Trânsito

 

A Iniciativa Bloomberg para Segurança Global no Trânsito foi inspirada na experiência de Michael Bloomberg à frente da Prefeitura de Nova York, entre 2002 e 2013. Neste período, Bloomberg foi alvo de polêmicas por ter adotado medidas como tornar a cidade mais amigável para os ciclistas com ciclovias e um sistema de bicicletas compartilhadas; deixar as ruas mais seguras para os pedestres, fechando a emblemática Times Square para carros; e reduzir o limite de velocidade de todas as vias da cidade, como um dos primeiros passos do programa visão zero – afinal, nenhuma morte no trânsito é aceitável.

As mudanças na cidade também não facilitaram a vida de sua então secretária de Transportes, Janette Sadik-Khan, que enfrentou resistência da imprensa, dos comerciantes e do público em geral. Mas, uma vez comprovado o sucesso das medidas implementadas em Nova York, Janette ganhou uma positiva notoriedade internacional. Hoje, inspira outras cidades a partir de suas intervenções em Manhattan, ajudando a transformar a mobilidade urbana de centros urbanos latino-americanos como São Paulo, Fortaleza e Bogotá. Estas fazem parte do grupo de dez cidades que recebem apoio às suas políticas de segurança no trânsito da Bloomberg Philanthropies e diversas organizações parceiras especialistas no tema.

Praça Getúlio Vargas, em São Miguel Paulista. Crédito: Hannah Machado / Iniciativa Bloomberg para Segurança Global no Trânsito

 

 

 

 

Praça Getúlio Vargas durante a transformação temporária em São Miguel Paulista realizada em novembro de 2016. Crédito: Iniciativa Bloomberg para Segurança Global no Trânsito

 

 

A Iniciativa Bloomberg apoia a Prefeitura de São Paulo desde 2015 na implementação de intervenções de segurança viária baseadas em evidência e com vistas à redução de lesões e mortes no trânsito. Além de promover o desenho urbano para tornar as ruas mais seguras, o programa – que vai até 2019 – procura dar suporte às cidades parceiras no desenvolvimento e implementação de comunicação e campanhas de massa de mudança de comportamento para promover um trânsito mais seguro e em conformidade com as regulamentações vigentes; melhorar a fiscalização; e melhorar a coleta e análise de dados.

Uma das ações fomentadas pela Iniciativa são as intervenções temporárias, transformações rápidas com materiais leves, como tinta, cones, floreiras e cadeiras de praia. Estas intervenções, que já foram realizadas em São Miguel Paulista (Zona Leste) e Santana (Zona Norte), têm como objetivo mostrar para a população local e os outros atores envolvidos como estas mudanças podem tornar o espaço mais amigável para todos.

Transformações no ambiente construído da cidade certamente promovem, entre outras consequências, mudanças no comportamento de seus cidadãos. Esses processos de transformadores podem ser maiores ou menores e são, certamente, uma tarefa contínua de pequenos avanços e alguns retrocessos. Intervenções como estas, mesmo que rápidas, tem o potencial de testar na escala real soluções que ainda não fazem parte dos manuais de desenho das instâncias de projeto do setor público, mas são baseadas em evidência. Além disso, podem catalisar a transformação rumo a uma cidade mais humana e segura.

 

Hannah Arcuschin Machado é Coordenadora de Desenho Urbano e Mobilidade da Iniciativa Bloomberg para a Segurança Global no Trânsito. É formada em Arquitetura e Urbanismo pela FAUUSP, mestre em Gestão e Políticas Públicas pela FGV e integrante da atual gestão do IAB-SP.


Em parceria de conteúdo com:

 

 

Tags:, , , , , , , , ,

Bitnami